Visto do Canadá atrasado? Sim, mas veja quem pode entrar no país agora

Visto do Canadá atrasado? Sim, mas veja quem pode entrar no país agora

Saiba se você está no grupo autorizado a viajar para o Canadá e como explicar que se enquadra na lista de viajantes isentos de restrições

Nathalia Molina

15 de março de 2021 | 14h31

Eu soube por leitores e por agências de intercâmbio que o processo de visto do Canadá para estudantes está sofrendo atraso. Isso é fato, que me foi confirmado pelo consulado do país em São Paulo.

De acordo com o órgão, enquanto durar a pandemia, continuarão a ocorrer “atrasos e discrepâncias no prazo” para a emissão de visto canadense. “Até novo aviso, o tempo de processamento presente no site do Ministério da Imigração do Canadá não reflete a capacidade real do ministério de realizar as análises e de emitir os vistos neste momento”, esclarece.

Para viajantes do Brasil em geral, as fronteiras seguem fechadas. Apenas alguns estudantes ou viajantes com família lá podem entrar atualmente. Se for esse o caso, a pessoa tem de fazer exames PCR também na chegada ao Canadá e após 14 dias de quarentena, exigências valendo desde o fim de fevereiro de 2021.

Quem pode entrar no Canadá atualmente

Veja abaixo se você se enquadra nos casos de exceção, listados na página oficial do governo do Canadá (dados de 15 de março de 2021). Entre os que podem ir no país no momento estão os seguintes viajantes:

  • Cidadão canadense (incluindo quem tem dupla cidadania)
  • Residente permanente (ou já autorizado a ser)
  • Parente direto de um cidadão ou residente permanente e que vá ficar no Canadá por 15 dias no mínimo
  • Estrangeiro com autorização da Agência de Saúde Pública do Canadá para entrar no país para ir a um funeral ou para prestar ajuda a uma pessoa que precise de apoio médico ou que esteja em estado crítico
  • Estudantes de intercâmbio de longa duração matriculados em instituições de ensino com protocolos oficialmente aprovados pelo governo

Caso o viajante esteja nesse grupo isento das restrições de viagem, pode entrar em contato com o Rapid Response Operations Center (RROC) do governo do Canadá enviando um email para ircc.covidexemptions-exemptionsdevoyage-covid.ircc@cic.gc.ca com a documentação que comprove que se enquadra entre os viajantes autorizados neste momento.

Pandemia causou atraso em emissão de vistos – Foto: @ComoViaja

Consulado e VACs fechados com a pandemia

Diante das flutuações da situação do coronavírus no Brasil, o Consulado Geral do Canadá em São Paulo e os Centros de Solicitação de Vistos (VACs), administrados pela empresa VFS Global, fecharam algumas vezes, como se encontram agora, devido às fase vermelha no Estado.

Em caso de dúvidas, o viajante pode enviar um email para spaloimmigratio@international.gc.ca. O consulado promete dar um retorno em até 15 dias úteis para os casos “que requeiram uma resposta”. Se o viajante não receber nenhum retorno em até 30 dias úteis após ter feito o primeiro contato com a instituição, deve enviar novo email.

Leia abaixo a íntegra do comunicado oficial do Canadá, recebido por mim do Consulado Geral do Canadá em São Paulo:

Comunicado oficial do Governo do Canadá no Brasil sobre emissões de vistos durante pandemia da Covid-19

“Em razão da pandemia do novo Coronavírus, desde o dia 17 de março de 2020, todas as representações diplomáticas e escritórios comerciais do governo do Canadá no Brasil sofreram restrições ou fechamentos em suas operações para ajudar a conter o avanço da pandemia no país.

Seguindo as orientações dos órgãos sanitários locais, nossos escritórios sofreram drásticas alterações no número de funcionários presentes nos locais, assim como os horários de funcionamento destes escritórios. Essas restrições, embora extremamente necessárias, causaram um grande impacto no tempo de processamento destes requerimentos, além de reduzir o número de funcionários disponíveis para realizar essas análises.

Atualmente, nossos escritórios seguem operando de forma reduzida e estão sujeitos às novas restrições impostas pelos governos locais conforme a pandemia avança ou retrai. Reforçamos que essas medidas são necessárias para o controle da pandemia e nossos escritórios continuarão a seguir e respeitar as regras vigentes no país enquanto durar essa crise sanitária.

Em relação a atuação do Centro de Solicitação de Vistos (VACs), lembramos a todos que a VFS Global é uma empresa privada e, assim como nossos escritórios, está sujeita às leis e medidas locais cabíveis para conter a pandemia. O governo do Canadá no Brasil está em constante contato com a empresa para garantir a emissão dos vistos e a continuidade dos trabalhos nesse momento crítico e segue respeitando as diretrizes da empresa em relação às suas operações e a segurança de seus funcionários.

No momento, o escritório do VAC de São Paulo, assim como o Consulado Geral do Canadá em São Paulo, tem suas operações fechadas até o dia 30 de março. Durante esse período, os funcionários do Consulado Geral do Canadá em São Paulo continuarão a trabalhar de forma remota, porém, atrasos adicionais na coleta de biometria, envio de passaportes e emissões de vistos podem ser esperados.

Após explanado o cenário atual do qual fazemos parte, gostaríamos de esclarecer os seguintes pontos:

· Para controlar o surto da doença coronavírus (covid-19), o Primeiro-Ministro, Justin Trudeau, anunciou restrições de viagens que limitam as viagens ao Canadá;

· Nem todos os alunos estão qualificados para viajar para o Canadá neste momento. Viagens não são permitidas para alunos com destino a Instituições de Aprendizagem Designadas (DLIs) que não foram aprovadas pelas autoridades relevantes para receber alunos internacionais no campus;

· As autoridades de saúde do Canadá e do Brasil também emitiram orientações e restrições que limitam a capacidade do Ministério da imigração do Canadá de processar solicitações normalmente;

· A saúde e a segurança dos nossos colaboradores e dos nossos clientes continuam a ser de extrema importância. Onde houver restrições impostas localmente, o Ministério da imigração do Canadá e a rede de Centros de Solicitação de Visto (VACs) serão obrigados a respeitá-las, limitando o acesso ao local de trabalho;

· Restrições sanitárias podem requerer o fechamento temporário dos VACs. Quando há necessidade de fechamento do VAC, o VAC se vê obrigado a adiar os agendamentos de coleta de biometria e o envio de passaportes e outros documentos;

· A análise e emissão dos vistos só pode ser feita em nossos escritórios por razões de segurança dos dados dos aplicantes e da saúde de nossos colaboradores;

· Até novo aviso, o tempo de processamento presente no site do Ministério da imigração do Canadá não reflete a capacidade real do ministério de realizar as análises e de emitir os vistos neste momento. Atrasos e discrepâncias no tempo de emissão dos vistos vão continuar a acontecer enquanto durar a pandemia;

· Para expandir nossa capacidade de processar essas solicitações, o ministério introduziu várias inovações em seu processo de análise. Isso inclui a exigência, desde abril de 2020, para que os clientes enviem todas as solicitações online. Isso permite que o ministério processe as solicitações onde quer que exista capacidade na rede global de escritórios do ministério;

· Os clientes devem continuar a usar os canais oficiais para se comunicar com o escritório do Ministério da imigração do Canadá responsável pelo processamento de sua solicitação. Se o pedido estiver sendo processado no Brasil, eles podem escrever para spaloimmigration@international.gc.ca;

· Embora os clientes, inevitavelmente, enfrentem atrasos em obter uma resposta de um escritório do Ministério da imigração do Canadá, todas as perguntas para spaloimmigration@international.gc.ca que requeiram uma resposta receberão um retorno dentro de 15 dias úteis; Os clientes que não receberem um retorno, por qualquer motivo, devem entrar em contato novamente no prazo de 30 dias úteis após a sua primeira comunicação com o setor;

· Os clientes cujas solicitações estão em andamento podem se identificar como parte do grupo isento das restrições de viagem (ou seja, declarar que estão viajando para uma finalidade essencial /não opcional) entrando em contato com o Ministério da imigração do Canadá através do Rapid Response Operations Center (RROC) no IRCC.COVID-TravelExemptions-Exemptionsdevoyage-COVID.IRCC@cic.gc.ca. Os clientes devem incluir documentação para comprovar que atendem a uma isenção de restrição de viagem e explicar por que estão viajando para uma finalidade essencial / não opcional em seu e-mail.

Lembramos mais uma vez que este é um momento sem precedentes que afeta a todos nós. Lamentamos os atrasos, mudanças e adaptações que todos tivemos que fazer durante este período. O governo do Canadá continuará trabalhando para normalizar a situação da coleta de biometria e análises de vistos o quanto antes, mas contamos com a colaboração, o respeito e a cordialidade de todos neste momento tão crítico para a nossa sociedade.”


* Sou jornalista de viagem e também escrevo o Como Viaja com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Me acompanha no Instagram @ComoViaja para novidades e curiosidades

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.