Como emitir certificado de vacinação em inglês e espanhol para viagem
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como emitir certificado de vacinação em inglês e espanhol para viagem

Países abertos para brasileiros vacinados exigem comprovante de imunização em língua estrangeira; veja passo a passo para gerar e imprimir o documento

Viagem Estadão

22 de julho de 2021 | 05h00

Por Nathalia Molina*

Muitas perguntas sobre vacinas e viagens ainda permanecem sem resposta. Mas aos poucos as coisas vão clareando, conforme o tempo passa, a imunização avança no Brasil e no mundo e o turismo é retomado. Uma das dúvidas é como emitir o certificado de vacinação em inglês e espanhol para viagem internacional e até mesmo para verificar se seus dados de saúde estão atualizados em português.

França, Espanha, Alemanha e Suíça já abriram para viajantes brasileiros 100% vacinados. O Canadá marcou para 7 de setembro o retorno de turistas do Brasil imunizados. Em todos os casos, o visitante está dispensando de cumprir quarentena ou mostrar exame PCR negativo, mas precisa comprovar que foi totalmente vacinado (com duas doses ou, no caso da Janssen, com a dose única).

Canadá tem reabertura para brasileiros vacinados em setembro – Foto: Johan Lolos/Destination Canada

No dia 5 de julho, postamos no nosso Instagram @ComoViaja como encontrar o comprovante de vacina no aplicativo ConecteSUS, do sistema de dados do Sistema Único de Saúde (SUS). Fernando Victorino, que escreve o Como Viaja comigo, tinha tomado sua primeira dose no dia 29 de junho e resolveu fazer download no app e verificar se estava registrada a primeira etapa da sua vacinação. Estava lá, então, ele escreveu este post detalhado com o passo a passo.

Num dos comentários, a leitora Gabriela Argolo nos perguntou como fazer para emitir o certificado de vacinação em inglês para apresentar na entrada de um país. Como o Fernando ainda não tomou sua segunda dose, ele ainda não pode fazer isso. Apenas pode conferir no app o imunizante e a data da primeira aplicação e, se quiser, pode gerar o PDF do comprovante da primeira dose, em português. Por enquanto, o Fernando não tem a opção de fazer isso em inglês e espanhol.

Eu já guardei na nuvem os PDFs do meu comprovante em português, em inglês e em espanhol. Isso porque tomei minha segunda dose nesta semana (#vivaoSUS #vivaaciência). As duas doses já aparecem nas minhas informações. Escrevi, então, este texto explicando como emitir o comprovante da vacina contra a covid-19. Mas o processo mudou um pouco em agosto. A leitora Margareth Donofrio Magalhães me informou que não estava conseguindo achar as bandeirinhas para trocar o idioma. Percebi que o sistema do app havia incluído mais uma etapa. Agora ficou assim:

Comprovante de vacina contra a covid-19 em inglês e espanhol

Entre no app e clique no ícone Vacinas.

Depois, clique sobre a área onde estão descritas as doses da vacina que você tomou – não clique sobre o botão azul Carteira de Vacinação Digital, na parte inferior da tela, porque não dá mais certo para emitir o certificado em inglês ou espanhol.

Aí o sistema abre uma página com a descrição detalhada das doses, com a data da aplicação, a instituição responsável pelo imunizante, os números do lote e do vacinador e o estabelecimento de saúde onde você tomou a vacina. Clique no botão azul Certificado de Vacinação, localizado na parte inferior da tela.

 

 

Finalmente aparece o formato em PDF com o símbolo de compartilhar (o quadradinho com a seta) no alto à direita, para você guardar em outro lugar ou mandar para alguém por WhatsApp, por exemplo. Para mudar o idioma do comprovante, é só clicar na bandeira do Brasil que abrem duas opções a bandeira dos Estados Unidos e da Espanha, para ver o documento em inglês ou espanhol, respectivamente.

Importante: o app sempre tinha funcionado comigo sem problemas para carregar telas, mas não abriu essa última parte quando fui refazer o caminho na manhã de 24 de agosto. Na medida em que mais países vão se abrindo para a entrada de brasileiros vacinados, imagino que aumente a procura pela emissão do certificado de vacinação em outras línguas. Tente fazer o processo em horários alternativos, por exemplo, bem tarde à noite.

Suas informações de Saúde estão lá no sistema, então teoricamente você não precisaria imprimir o comprovante de vacinação, bastaria ter acesso à internet e mostrar na chegada a algum país. Bem, embora o mundo já seja superconectado e digital, eu ainda acho mais garantido imprimir a documentação de viagem, para evitar perrengues na entrada num lugar no exterior.

* Sou jornalista de turismo e apresento o Como Viaja | podcast de viagem, com dicas e experiências no Brasil e no exterior. Me acompanhe também no Instagram @ComoViaja para novidades e curiosidades

Mais conteúdo sobre:

Turismoplanejamento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.